sexta-feira, 6 de setembro de 2013

«Remus»


12 comentários:

João Menéres disse...

Gosto imenso dos planos desfocados, Marco !
Dão um realce extraordinário à flor.

Grande e amigo abraço.

Diana Tavares disse...

linda:)

Marco C. disse...

obrigado amigo João! Mas tenho até medo quando o Remus aparecer por aqui!! :D

João Menéres disse...

Quem me dera que o REMUS me "batesse"
todos os dias !...

Questiuncas disse...

Estás a querer insinuar que o Remus é uma florzinha? e para mais cor-de-rosa???
Boa sorte....

Remus disse...

Estando o meu nome virtual mencionado no título desta fotografia, deduzo que seja, de alguma forma, dedicada à minha pessoa. Tendo isso em mente:
- Dou graças por se ter lembrado de mim.
- Dou graças por ser uma excelente fotografia.
- Dou graças por não ser uma flor feia.
- Dou graças por não ter nenhuma descrição difamatória.
- Mas principalmente, dou graças por me ter dedicado uma flor e não um monte de bosta de vaca.

A parte de ser cor-de-rosa, eu fecho os olhos, porque sei que é a sua cor preferida.
Fui ensinado, que quando algo nos é oferecido, não podemos estar com muitas esquisitices. É aceitar, agradecer, colocar um sorriso na cara e... calar.

Muito obrigado senhor Marco Costa.

:-D

Marco C. disse...

uff... vá la, foi soft!! :)

TR disse...

já te safaste!!! Dedicatórias à parte - mais uma bela fotografia.

Kaipiroska disse...

Isto é mesmo de macho(s): uma florzinha de homem para homem! :)

Rute disse...

É mal empregada para o Remus que não gosta nadinha de flores...;)
Para mim está lindíssima, o rosa é estonteante e está em total realce, como referiu o nosso amigo João. Estou completamente rendida.

1 bj

Remus disse...

Agora é que a Kaipiroska colocou o dedo na ferida... de facto é algo estranho.
Tirando os meus afilhados, confesso que o Marco é o primeiro homem que me oferece uma flor.
Já nem sei o que pensar? Será que o Marco tem segundas intenções?

Marco C. disse...

pensando agora nisso, vejo também q o remus é o primeiro homem a quem ofereço uma flor. Se calhar vamos ficar por aqui, a ver se não "pinta um clima" (ler com pronuncia brasileira, sff) :D