sexta-feira, 24 de outubro de 2014

O duplo


3 comentários:

Rute disse...

Gosto da maneira como deixas entrar o sol nesta fotografia, é como se fosse Senhor todo-o-poderoso, pois condiciona toda a visão da fotografia.
O duplo é o mais fraquinho...só de aparência, claro está. gostei imenso.

1 bj

Remus disse...

Eu digo que fiquei rendido à luz, já que não fica bem, ficar rendido ao "home".

Esta fotografia é a prova, que andar a roçar pelas vielas e provavelmente pelas esquinas, pode trazer excelentes resultados.

Marco C. disse...

e há quem ganhe dinheiro com esse roçar de vielas!!