sexta-feira, 3 de junho de 2016


4 comentários:

Remus disse...

Florzinhas numa jarra?
Quem é que lhe ofereceu florzinhas?
Se ainda fosse umas garrafas de vinho...
:-P

A luz foi muitíssimo bem controlada. Ficou bem "difundida" por todas as flores e por onde realmente interessava.
Well done!

Marco C. disse...

isto hoje foi mesmo de quem não tinha mais q fazer :) E as flores estavam ali mesmo à mão.

João Menéres disse...

IMPECÁVEL, Marco !

rute talefe disse...

Já eu...prefiro ver as flores nos jardins, nos campos, ao ar livre. Esta tua fotografia faz-me lembrar um quadro de uma "natureza morta". E talvez seja por isso mesmo! Eu na faculdade tinha as cadeiras de História da Arte e de história da arte em Portugal. Quando vinha a nossa ilustre pintora, Josefa de Óbidos com as suas naturezas mortas...estava tudo estragado... e assim vamos recordando momentos das nossas vidas!

1 bj